Joffre

Lapso de Memória - UOL Blog

Lapso de Memória


15/06/2011


Cambalhota

 

Cambalhota

 

 

Ela virou meu mundo e me fez dá voltas no ar
Retorceu em algum momento a minha lógica
Fez tremer alicerces que eu sempre me apoiei
E como um menino que sempre fui me assustei

 

Deslocou minha razão que sempre foi perfeita
E fez no meu peito acelerar de novo o coração
Instintos de criança voltaram e fiquei sem norte
E desta vez ao invés de mandar fui conquistado

 

Talvez sejam os olhos que não tremem ao me olhar
Ou sua boca carnuda que me escraviza ao me beijar
Quem sabe o cheiro que invade a minha respiração
Ou sua cor que enfeitiça meus olhos já apaixonados

 

Consigo relembrar a primeira vez que eu a desejei
Descrever os beijos arrancados naquela madrugada
Relatar o contorno de seu corpo deitado na cama
Imaginar o toque mais forte e o gemido no ouvido

 

A tentação que palpitava e mãos que queriam voar
O gosto da boca molhada entre carícias de loucura
Naquela noite ela foi minha sede e hoje estou preso
Pois em seus carinhos e vontades sempre me perco

 

Ela se faz presente em um lugar que estava sem vida
Traz no sorriso o jeito de menina que me faz sonhar
Em suas palavras consigo remontar sonhos perdidos
De um tempo onde podia ser eu mesmo sem medo

 

Assim ela me faz refém em um cárcere sem grades
Decifra minhas tentações sem que forneça as pistas
Constrói em detalhes sonhos de um tempo esperado
Onde duas pessoas se encontram e fazem uma vida.

Escrito por Joffre Cardoso às 11h01
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Perfil

Joffre Cardoso


Meu perfil
BRASIL, Nordeste, NATAL, Homem, de 26 a 35 anos
MSN - joffrecardoso@yahoo.com.br

Histórico