Joffre

Lapso de Memória - UOL Blog

Lapso de Memória


25/09/2010


Frágil

 

Frágil

 

 

Não sei se é o jeito de menina que encanta
Ou se é a forma suave que às vezes me olha
Mas quando ela chega eu sinto um calafrio
Que passa por minha pele e me faz arrepiar

 

Uma vez cheguei perto para sentir seu cheiro
E fiquei preso e embriagado com o seu aroma
Fui às nuvens e voltei para eu poder respirar
Mas a minha vontade era nunca mais retornar

 

Eu sempre a vi como alguém perto e distante
Como alguém que podia olhar mas não tocar
Que sabia o jeito de andar e mexer o cabelo
Mas que não era permitido eu me aproximar

 

Foi assim que passei a maior parte do tempo
Sempre olhando e cobiçando mas sem poder
Com suspiro na garganta e o desejo no corpo
Admirando de longe e querendo estar perto

 

Mas um dia como se estivesse escrito antes
A madrugada a trouxe com se fosse presente
A chuva caía lá fora e ela chegou de surpresa
Quando ela entrou a minha pele estremeceu

 

Não sei se era o desejo reprimido ou loucura
Mas eu fiquei paralisado quando a vi molhada
Os seus olhos escuros me deixaram sem razão
E por alguns minutos a minha voz ficou presa

 

Em silêncio ela entrou sem nenhuma hesitação
Devagar tirou as roupas que molhavam o chão
Sem palavras me tomou e me fez seu escravo
Naquela noite eu senti a menina se fazer mulher.

Escrito por Joffre Cardoso às 20h17
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Perfil

Joffre Cardoso


Meu perfil
BRASIL, Nordeste, NATAL, Homem, de 26 a 35 anos
MSN - joffrecardoso@yahoo.com.br

Histórico